Como Ser um Correspondente Bancário

Conheça a estrutura e a documentação necessária para você ser um correspondente bancário. CONFIRA!


Ultimamente eu tenho recebido muitos e-mails de pessoas pedindo para eu criar um artigo mostrando como ser um correspondente bancário.

Esse ramo é muito interessante por conta do crescimento do número de clientes dos bancos.

Esse aumento está gerando filas enormes nas agências para serviços como pagamento de boletos, contrato de empréstimo, abertura de contas entre outros.

Por conta disso, os serviços e as responsabilidades desses correspondentes aumentaram bastante.

No entanto, uma coisa é certa: empreender nesse ramo é uma boa ideia de negócio.

Mas a principal dificuldade para empreender como correspondente bancário é se encaixar nos critérios exigidos pelos bancos.

Geralmente, a lista dos critérios dos bancos englobam as exigências abaixo:

  • Estrutura
  • Documentação
  • Região em que você deseja se tornar um representante do banco

Continue aqui e descubra como preencher os requisitos e se tornar um correspondente bancário.

Como Ser um Correspondente Bancário

Como Ser um Correspondente Bancário

O que é um Correspondente Bancário?

O correspondente bancário é uma pessoa jurídica que trabalha com a mediação entre instituições financeiras e clientes.

As instituições de crédito, bancos e empresas financeiras terceirizam o seu serviço contratando empresas para atuar como correspondentes bancários.

Portanto, se você tem uma padaria, mercadinho ou até mesmo uma loja de roupas e deseja aumentar sua renda, essa é uma boa alternativa.

É bastante comum, por exemplo, uma concessionária oferecer opções de crédito para financiamento de seus veículos.

Mas você também pode ter essa atividade como principal e trabalhar como correspondente.

Sua empresa vai poder prestar alguns serviços específicos como recebimento de pagamentos de contas e intermediar empréstimos.

Conforme as resoluções 3110 e 3156 do Banco Central, qualquer empresa pode se tonar um correspondente para prestar serviços de caráter financeiro.

Basta que ela esteja autorizada pelo Banco Central do Brasil.

O que Faz um Correspondente Bancário

O que Faz um Correspondente Bancário

O que Faz um Correspondente Bancário?

Se você ainda não sabe o que faz um correspondente, um exemplo são as Casas lotéricas.

Elas recebem pagamento de contas e também realizam transações financeiras.

A Resolução 3954 do Banco central regulamenta os serviços que podem ser oferecidos pelo correspondente bancário.

Veja na tabela abaixo alguns dos serviços que um correspondente bancário pode oferecer:

Serviços de um correspondente bancário
Recebimento de contas até o vencimento e já vencidas
Recebimento de tributos com ou sem código de barras
Saques do próprio banco correspondente e do INSS
Depósitos
Consulta de saldo bancário
Proposta para abertura de conta bancária, cartão de crédito
Recargas para celular
Financiamento Imobiliário
Financiamento de Veículos
Contratação de Crédito Consignado
Crédito Direto ao Consumidor

Além disso, os correspondentes bancários podem solicitar cartões de crédito e débito para os clientes que estão interessados.

Como Ser um Correspondente Bancário?

Para você que deseja trabalhar como correspondente de banco precisa seguir os passos abaixo.

Eles são essenciais para que você possa começar a prestar esses serviços.

Documentos Necessários

Os documentos que são exigidos pelos os bancos são:

  • Cópia do CPF
  • Comprovante de endereço da empresa
  • Comprovante de conta bancária
  • Contrato social e
  • Cópia do CNPJ

Após a entrega destes documentos eles serão avaliados para saber existe alguma restrição comercial, fiscal ou criminal.

Estrutura Para Trabalhar

Outra exigência do banco é a estrutura para trabalhar como representante de algum banco.

Ela precisa ser formada por um salão, deve ter balcão, equipamentos etc.

Equipamentos

Geralmente os equipamentos que são necessários são computadores, impressora, telefone e aparelho de fax.

Segurança

A estrutura também deve garantir a segurança, pois a rotina deste local será movimentando dinheiro com um grande volume de pessoas.

Portanto, será necessário instalar um cofre e um sistema de monitoramento.

Fluxo de Caixa

Em relação ao fluxo de caixa normalmente o correspondente se mantém com as comissões que vem dos bancos.

Por este motivo, no inicio talvez demore um pouco para obter lucro.

Planejamento

Agora que você já sabe o que faz um correspondente bancário, conhece a estrutura e a documentação, chega o momento de planejar o seu empreendimento.

Faça uma pesquisa na sua região para descobrir quem são seus concorrentes diretos e indiretos, o perfil dos clientes e como você poderá se diferenciar no mercado.

Avalie a quantidade de bancos existentes na sua região, a quantidade de correspondentes e a proximidade entre eles.

A maioria das pessoas focam apenas em saber como ser um correspondente bancário e não dão atenção ao planejamento do negócio.

O planejamento é fundamental para saber se o empreendimento é ou não viável.

Parceria Entre Bancos

Um estabelecimento pode fazer uma parceria com mais de um banco ou agente financeiro de outras instituições.

Entretanto, é importante não focar apenas comissões.

Também há outros fatores, por exemplo, atendimento, comprometimento do banco, igualdade de condições entre os correspondentes etc.

Quero Ser Correspondente Bancário

Quero Ser Correspondente Bancário

Quais São as Vantagens e Desvantagens?

A principal vantagem de trabalhar como correspondente de um banco grande é que ele terá mais dinheiro para manter as operações, sem precisar cancelar o convênio.

Esses bancos são estáveis e conseguem funcionar com uma pequena margem.

Além disso, a sua estabilidade é garantida mesmo diante de crises econômicas.

Mas a desvantagem é que bancos grandes são lentos na resposta e no processamento, por conta do grande volume de correspondentes.

Por outro lado, a vantagem dos bancos médios se dá por conta das várias opções de produtos e serviços e da comissão geralmente maior.

Porém, o ponto negativo dos bancos menores é que eles são mais vulneráveis diante da oscilação da economia.

Além da possibilidade de serem comprados por outros bancos.

Outra desvantagem de trabalhar com bancos médios é que muitas vezes o seu nome comercial não é muito conhecido pela população da sua região.

E isso poderá gerar pouca adesão.

No entanto, ao trabalhar com bancos de pequeno porte você terá mais rapidez no atendimento e no processamento.

Porém, eles dependem financeiramente dos bancos grandes, que trabalham em um ambiente instável e muitas vezes não matem o seus produtos e serviços.

E ainda por cima não possuem uma rede de agências.

Portanto, leve em conta as vantagens e desvantagens de cada instituição bancária no momento de escolher para qual você vai prestar serviços.

Vale a Pena Ser Correspondente Bancário?

Esse é um negócio relativamente fácil de montar e exige pouco dinheiro para começar.

Além disso, é uma área que sempre terá demanda, mas também será sempre muito concorrida.

Portanto, considere as vantagens e desvantagens desse negócio e faça um planejamento.

Outra opção para quem deseja ser um correspondente bancário é abrir uma casa lotérica.

Os dois empreendimentos realizam basicamente os mesmos serviços.

Então é isso.

Espero ter te ajudado.

Deixe seu comentário com a sua dúvida ou sugestão e não se esqueça de curtir.

Até mais!

VEJA TAMBÉM

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

dezesseis − 7 =

Seja o primeiro a comentar!