Como Fazer um Plano de Negócio Passo a Passo | Modelo Sebrae

Uma das dúvidas mais comuns entre os empreendedores é saber o que é e como fazer um plano de negócio.

O plano de negócios é uma ferramenta completa e estratégica que serve para avaliar uma ideia de negócio e identificar se ela é realmente uma oportunidade.

Isso é importante, pois o índice de mortalidade de micro e pequenas empresas no Brasil nos primeiros anos do negócio atinge níveis bastante elevados.

Pesquisas feitas pelo Sebrae apontam que os principais fatores de mortalidade das empresas são a falta de planejamento e gestão ineficiente.

No entanto, você pode evitar esse cenário com algumas medidas e ainda conseguir aumentar a eficiência da sua empresa.

A saída é investir em capacitação gerencial e planejar o seu negócio.

O simples fato de fazer um plano de negócios pode aumentar suas chances de sucesso em até 60%.

Por outro lado, devemos admitir que nós brasileiros não temos a cultura do planejamento mesmo sendo reconhecido pela criatividade e persistência.

Sendo assim, saber como fazer um plano de negócios para descrever o seu empreendimento e o modelo de negócio que o sustenta, torna-se essencial.

Através dessa ferramenta você poderá organizar a estrutura do negócio.

Além disso, através de um plano de negócio você define estratégias, organiza recursos e atribui papéis a cada pessoa que irá compor sua equipe de trabalho.

Portanto, continue aqui e descubra o passo a passo de como fazer um plano de negócios para a sua empresa e reduzir os riscos do seu empreendimento.

➡ Clique Para Conhecer: [E-book] Como Fazer Um Plano de Negócios

Como fazer um plano de negócios modelo SEBRAE
Como fazer um plano de negócios modelo SEBRAE

O que é um Plano de Negócios

O plano de negócios nada mais é do que um documento que descreve um empreendimento e o modelo de negócio que vai sustentar essa empresa.

Sendo assim, as seções de um plano de negócios são padronizadas pra facilitar o entendimento do leitor, mas cada plano tem um propósito específico.

Através de um planejamento bem elaborado você vai conseguir entender e estabelecer as diretrizes para o seu negócio.

Além disso, você também vai ter condições de gerenciar sua empresa de forma mais eficaz e vai tomar decisões melhores no dia a dia.

Aprender como fazer um plano de negócios também vai te ajudar a conseguir financiamento junto a bancos e instituições de apoio ao empreendedor.

Veja Também ➡ Como abrir uma empresa passo a passo

Veja Também ➡ Como se tornar Microempreendedor Individual

Veja Também ➡ Como conseguir dinheiro para montar um negócio

Objetivos de um Plano de Negócio

Mais adiante vou te mostrar como fazer um plano de negócios passo a passo, mas antes veja quais são os principais benefícios em utilizar essa ferramenta.

  • Testar a viabilidade de uma ideia de negócio;
  • Captar recursos financeiros para a sua empresa;
  • Informar com precisão sobre o negócio da empresa;
  • Dar credibilidade à empresa;
  • Conferir orientação estratégica aos gestores;
  • Organizar informações sobre o negócio e suas estratégias;
  • Conquistar novos sócios para o negócio.

Ao fazer um plano de negócio você deverá responder às seguintes perguntas:

Qual é o seu negócio? 

Descreva o que é o negócio, qual é a oportunidade e como você vai ganhar dinheiro com ela.

O que você vende? 

Aqui você vai mostrar o modelo de negócio da empresa, ou seja, o que você está vendendo, de que forma e como a empresa vai ganhar dinheiro.

Qual é o seu mercado? 

Defina o seu público-alvo, o nicho de mercado que vai atuar, os competidores e que estratégias você utilizará para competir com eles.

Como Fazer um Plano de Negócio Passo a Passo

O documento precisa ter uma estrutura básica que proporcione o entendimento completo do negócio.

As seções devem seguir uma sequência lógica que:

  • Permita a qualquer pessoa entender os objetivos da empresa
  • Como ela será organizada
  • Quais os produtos e serviços
  • Qual é o mercado
  • Qual será a estratégia de marketing
  • Situação financeira

Então, vamos agora detalhar cada uma dessas seções.

Capa

Poucas pessoas dão a devida atenção à capa, mas esse é um erro grave.

A capa é uma das partes mais importantes de um plano de negócios, por que é a primeira parte que as pessoas interessadas vão ter contato.

Portanto, ela deve ser feita de maneira enxuta, somente com as informações mais importantes.

Sumário

No sumário você deve colocar o título de cada seção e a página em que ela se encontra.

Além disso, coloque um breve resumo dos principais assuntos de cada seção, pois isso vai facilitar ao leitor encontrar rapidamente o que procura.

Sumário Executivo

Todo plano de negócio começa pelo sumário executivo.

O sumário executivo é a seção mais importante de um plano de negócios e precisa conter um breve resumo do que vai ser apresentado a seguir.

Essa seção também tem a função de preparar e atrair o leitor para uma leitura mais atenciosa e interessada.

Mesmo aparecendo no início do seu plano, essa seção deve ser escrita por último.

Isso por que será mais coerente e eficiente fazer a síntese após a conclusão do restante do plano.

Sendo assim, escreva essa parte com bastante atenção e revise quantas vezes forem necessárias.

É no sumário executivo que você antecipa e sintetiza pontos importantes do plano para que o leitor tenha uma ideia sobre cada seção.

Por esse motivo é que você deverá deixar para fazê-lo por último, já que ele é um resumo do plano.

Além disso, deverá conter:

  • Descrição da empresa
  • Diferenciais competitivos
  • Missão
  • Perfil dos empreendedores
  • Produtos e serviços
  • Mercado de atuação
  • Localização
  • Investimento inicial
  • Forma jurídica
  • Enquadramento tributário

O seu sumário executivo deve ser simples com duas páginas no máximo.

Deve despertar o interesse do leitor, destacando os pontos mais importantes e fornecendo uma visão geral do planejamento.

Produtos e Serviços

Aqui nessa seção você vai informar os principais aspectos dos produtos e serviços disponibilizados pela sua empresa:

  • Modo como serão produzidos
  • Recursos utilizados no processo
  • Ciclo de vida
  • Principais fatores tecnológicos
  • Processo de pesquisa e desenvolvimento
  • Potenciais clientes

Aqui você também pode colocar uma estimativa dos níveis de satisfação do cliente com base nos produtos e serviços concorrentes comparados aos da sua empresa.

Análise de Mercado

Essa é a principal etapa de um planejamento.

É aqui que você identifica se há demanda para o produto ou serviço que pretende fornecer.

Essa análise te ajuda a compreender o mercado no qual você pretende atuar.

Para começar, você deve identificar o nicho de mercado que pretende atender.

Um nicho de mercado é um grupo de clientes com características semelhantes e para atender de forma eficiente esses clientes, responda às seguintes perguntas:

  • Quem está comprando?
  • O que está comprando?
  • Porque está comprando?
  • Quais são seus hábitos de compra?
  • Qual é a sua renda?
  • Qual é o seu nível cultural?
  • Onde moram?
  • Qual é o estilo de vida deles?

Respondidas essas perguntas, você terá informações para definir os canais de distribuição, ações promocionais, planos de comunicação e política de preços.

Os seus concorrentes deverão ser avaliados levando em conta o seu posicionamento no mercado.

Você deve pesquisar os produtos e serviços deles, suas características e benefícios, política de preços e como eles vendem.

Além disso, deverá descobrir porque os clientes compram deles e porque deixam de comprar.

Para finalizar essa etapa, você deverá se informar sobre os fornecedores do seu negócio.

Busque informações sobre os fornecedores e a reputação deles no mercado.

Mantenha um cadastro atualizado com o contato, preços, condições de pagamento e de entrega de cada um deles.

Plano de marketing

Ele é a forma estruturada de como a empresa vai ofertar os produtos e serviços.

No plano de marketing, você deve informar uma descrição completa dos produtos e serviços, a qualidade e utilidade e como você vai se diferenciar dos concorrentes.

É nessa parte que você vai detalhar as formas de divulgação da empresa.

Plano operacional

O plano operacional define como a empresa vai desenvolver ou comercializar os produtos e serviços.

Aqui você vai relacionar os equipamentos que serão utilizados, a quantidade de pessoas e o tempo demandado para cada etapa.

Plano financeiro

O plano financeiro é o resultado em números do plano de negócio.

Caso você tenha concluído que o negócio é viável, então é hora de definir o investimento de implantação.

O investimento inicial levará em conta os seguintes pontos:

  • Investimentos fixos;
  • Investimentos pré operacionais;
  • Capital de giro;
  • Demonstrativo de resultados.

O plano financeiro permite calcular o ponto de equilíbrio, que é o faturamento mínimo para a empresa não ter prejuízo.

O plano financeiro permite também conhecer o prazo de retorno do investimento, ou seja, o tempo que será necessário para recuperar o capital investido.

Você também vai conhecer a lucratividade da empresa, que é o lucro comparado com a receita total, e ainda outros parâmetros financeiros como o EBITDA, que pode te ajudar a calcular o valor da sua empresa.

Modelo de Plano de Negócios Sebrae

A estrutura a seguir é recomendada para pequenas empresas em geral.

Capa

Sumário

Sumário executivo

  • Visão
  • Missão
  • Objetivos e metas
  • Estratégia de Marketing
  • Processos de produção
  • Equipe administrativa
  • Investimentos e tempo de retorno

Produtos e Serviços

  • Descrição dos produtos e serviços
  • Previsão de lançamentos de novos produtos e serviços

Análise de Mercado

  • Análise do setor
  • Definição do nicho de mercado
  • Análise da concorrência
  • Diferenciais competitivos

Plano de Marketing

  • Estratégia de Marketing
  • Canais de venda e distribuição
  • Projeção de vendas

Plano Operacional

  • Análise das instalações
  • Equipamentos e máquinas necessárias
  • Funcionários e insumos necessários
  • Processo de produção
  • Terceirização

Estrutura da Empresa

  • Estrutura organizacional
  • Assessorias externas
  • Equipe administrativa

Plano Financeiro

Considerações Finais

Lembre-se que essa ferramenta deve ser utilizada também após a abrir sua empresa.

Fazer um plano de negócio bem feito é importante, pois você terá em mãos informações valiosas que vão trazer vantagens competitivas.

Nesse artigo você teve uma visão geral dos pontos principais de um plano de negócios e o conteúdo básico de cada seção que o compõe.

A etapa do planejamento é essencial para todo empreendedor que deseja montar um negócio próprio diminuindo os riscos e aumentando as possibilidades de sucesso.

Eu utilizei várias fontes de informação na internet para criar esse artigo, entre elas está a obra do professor José Dornelas, um dos maiores especialistas brasileiros em empreendedorismo e plano de negócios.

Um dos livros que utilizei como fonte de pesquisa para escrever esse artigo foi esse:

Então é isso, espero ter te ajudado e se você gostou do artigo curta e compartilhe.

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários.

Até mais!

Baixe Agora o Ebook Gratuito Com Ideias de Pequenos Negócios Lucrativos Para Trabalhar em Casa

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

21 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 1 =

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.