Como Montar uma Loja de Conveniência Passo a Passo

Saiba o que é, quanto custa para abrir, faturamento e se vale a pena montar uma. GUIA COMPLETO.


Então você tomou a decisão de empreender e está se informando a respeito desse mercado? Ou talvez queira saber se montar uma loja de conveniência vale a pena e se dá lucro, acertei?

Sendo assim, continue aqui, pois eu vou te mostrar o que é uma loja de conveniência, qual é o faturamento médio e se esse é um bom negócio.

Apesar de muito concorrido, o mercado de conveniência é um dos que mais crescem no varejo.

Assim, por ser uma ideia de negócio relativamente simples de implementar, vários empreendedores tem se interessado por esse tipo de empreendimento.

Mesmo que você já tenha o dinheiro para investir, é importante observar outros aspectos.

Nesse sentido, você precisa conhecer o mercado e criar estratégias para se diferenciar da concorrência.

Em resumo, vou te entregar informações valiosas sobre esse negócio e dessa forma pretendo te ajudar a abrir uma loja de conveniência de sucesso.

Como montar uma Loja de Conveniência passo a passo

Como montar uma Loja de Conveniência passo a passo

Mercado

Esse é um mercado em expansão e os estabelecimentos tem como principais características a variedade de produtos e o fato de funcionarem 24 horas.

Atualmente, as lojas de conveniência respondem por 16% das vendas no varejo.

Por outro lado, esse valor ainda está abaixo dos 22% que é a média mundial, segundo o jornal Valor Econômico.

Em 2016, esse mercado cresceu 6,2% e faturou R$ 7,2 Bilhões.

Segundo pesquisa do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom) as conveniências elevam em torno de 20% as vendas de combustíveis.

A princípio a tendência é que os postos de combustíveis se tornem postos de serviços, com os clientes se alimentando, comprando e também abastecendo o carro.

Conforme o Sebrae, estima-se que uma loja de conveniência receba, em média, 300 clientes por dia e fature R$ 100 mil mensais.

Portanto, esse empreendimento tem se mostrado uma ótima opção para donos de postos e para quem deseja montar um negócio próprio.

Entretanto, os clientes são exigentes e buscam facilidade e rapidez no atendimento e na compra.

Eles preferem essas lojas por estarem próximas de casa ou do trabalho e serem de fácil acesso.

Principais Produtos Vendidos

Também é bastante comum encontrarmos serviços de Banco 24 horas, Revistaria e Tabacaria.

O fato de funcionarem 24 horas, sete dias por semana, talvez, seja o principal fator de sucesso do negócio e diferenciação da concorrência.

Podemos notar o crescimento do número de lojas de conveniência em ruas movimentadas, bairros residenciais e comerciais.

Desse modo esse empreendimento não precisa estar apenas em postos de combustíveis.

Portanto, é fundamental conhecer o perfil do cliente, suas necessidades e desejos antes de montar uma loja de conveniência.

Perfil do cliente de Loja de Conveniência

Perfil do cliente de Loja de Conveniência

Perfil do Cliente

No Brasil, as classes média e alta representam 97% do faturamento das lojas de conveniência.

De acordo com o Sebrae o perfil desse cliente é formado em sua maioria por homens, com ensino médio completo e na faixa etária entre 18 e 35 anos.

Ele busca comodidade e conveniência e não vê problema em pagar mais caro pelos produtos.

Conforme o Sindicom, as lojas de conveniência já são a principal razão para o consumidor ir ao posto, visto que o cliente vai mais vezes para a loja do que para abastecer.

Também é bastante comum esse cliente procurar esse empreendimento em momentos de emergência, já que costumam funcionar 24 horas por dia.

Portanto, seu cliente quer um atendimento rápido e prático.

Os principais motivos que os levam a procurar essas lojas são falta de tempo para ir ao supermercado ou por que não querem pegar fila, já que vão comprar poucos itens.

Por outro lado o perfil do motorista que abastece no posto e utiliza a loja de conveniência é diferente.

De acordo com levantamento feito pelo SEBRAE, esse cliente costuma ficar menos de 10 minutos dentro da loja e gasta, em média, R$ 7 por compra.

Ao passo que aqueles clientes que abastecem com gasolina aditivada costumam gastar 53% a mais do que os que abastecem com gasolina comum.

Além disso, o Ticket médio desse cliente é de R$ 10 e ele considera a limpeza do estabelecimento mais importante até do que os preços praticados no empreendimento.

Entretanto, esse cliente busca por atendimento personalizado e variedade de produtos.

Como abrir uma Loja de Conveniência

Como abrir uma Loja de Conveniência

Produtos Para Loja de Conveniência

O seu cliente sabe que não vai encontrar a mesma variedade de produtos de um supermercado, mas espera encontrar o básico para atender a sua necessidade de momento.

Antes de tudo, na hora de escolher o mix de produtos para loja de conveniência você deve focar nas principais necessidades e desejos do seu cliente.

Além disso, disponibilize produtos de compra por impulso como guloseimas e itens de uso pessoal.

Alguns produtos são obrigatórios na sua loja como cervejas, cigarros, refrigerantes e pão.

Seja como for, disponha os produtos adequadamente dentro do layout da loja.

Estrutura

Conforme recomendação do Sebrae, a área mínima ideal para montar uma loja de conveniência é de aproximadamente 70 m².

Assim, você terá um espaço para ampliação no futuro, conforme o crescimento da empresa.

Nesse sentido, o layout da loja de conveniência pode ser dividido em:

  • Exposição de produtos
  • Área de vendas (Balcão de atendimento, caixa e entrega de produtos)
  • Depósito
  • Escritório
  • Banheiro

Mantenha um layout limpo e moderno, priorizando a iluminação, decoração e a ventilação do ambiente.

Por outro lado, procure deixar o mostruário de produtos logo na entrada da loja.

Posicione as gôndolas e prateleiras de forma a apresentar um ambiente arejado, limpo, claro e dentro das normas de segurança estabelecidas pelo corpo de bombeiros.

Utilize as paredes, teto e os corredores da loja para fazer ações de marketing e promover os produtos.

Por fim, caso seja possível, tenha um espaço para estacionamento para os clientes.

Máquinas e Equipamentos Para Loja de Conveniência

Com a estrutura definida, é hora de providenciar os equipamentos necessários.

As máquinas e equipamentos para montar uma loja de conveniência são os seguinte:

  • Prateleiras
  • Gôndolas
  • Vitrines
  • Balcões
  • Freezers
  • Estufas
  • Móveis para decoração
  • Sistema para loja de conveniência
  • Computador
  • Caixa

Com uma estrutura enxuta e os equipamentos adequados, chega o momento de recrutar a equipe de colaboradores que farão o seu negócio acontecer de fato.

Atendente de loja de conveniência o que faz

Atendente de loja de conveniência o que faz

Equipe de trabalho

Para você ter sucesso nesse mercado é fundamental proporcionar um bom atendimento e ter um bom relacionamento com os seus clientes.

Antes de tudo a sua equipe de trabalho precisa estar bem treinada, estimulada e motivada.

O atendente de loja de conveniência deve ser competente e com experiência em vendas.

Caso a sua loja funcione 24 horas por dia, será necessário estipular escalas e turnos de serviço.

Entretanto, o número de colaboradores vai depender do movimento da sua loja.

O recomendado é que você comece com 2 ou 3 funcionários por turno para uma loja de pequeno porte.

A equipe de trabalho de uma loja de conveniência será composta por:

  • Balconistas
  • Atendentes
  • Caixa
  • Auxiliar administrativo
  • Serviços gerais

Importante frisar que os funcionários que terão contato direto com os clientes precisam ser atenciosos, cordiais e conhecer bem a linha de produtos da loja.

Onde montar uma Loja de Conveniência

Onde montar uma Loja de Conveniência

Onde Montar uma Loja de Conveniência

Os clientes costumam procurar as lojas de conveniência em horários em que os supermercados e restaurantes já estão fechados.

Portanto, a escolha do local onde você pretende abrir uma loja de conveniência poderá definir o sucesso ou fracasso do seu negócio.

De fato é mais comum encontrarmos essas lojas vinculadas a postos de combustíveis, mas nada impede que você escolha outro local para montar a sua.

Importante lembrar que sua loja precisa ter um horário de funcionamento estendido e grande variedade de produtos disponíveis.

Veja alguns locais interessantes para você montar a loja:

  • Ruas e Avenidas movimentadas
  • Postos de Combustíveis 24 horas
  • Hotéis e Pousadas

Assim sendo, prefira locais com grande circulação de automóveis e pedestres e que estejam em áreas consideradas seguras, já que a sua loja deve funcionar pelo menos até as 22 horas.

Quanto Custa Para Abrir uma Loja de Conveniência

Uma das principais dúvidas dos empreendedores é saber quanto custa abrir uma loja de conveniência.

Conforme a fabricante e consultoria Zanotti Refrigeração, o investimento para montar uma loja de conveniência fica por volta de R$ 90 Mil.

Esse valor deve ser utilizado para instalação, reforma do espaço, documentação e equipamentos.

Documentação Necessária

Procure um contador de sua confiança, pois ele vai te orientar sobre os aspectos legais da abertura da empresa como CNAE  bem como a tributação da loja de conveniência.

Alguns procedimentos podem variar, mas esses a seguir são os mais comuns:

  • Escolha do tipo de sociedade da empresa, do nome e criação do contrato social;
  • Registro na Junta Comercial de sua cidade;
  • Inscrição do CNPJ na Receita Federal;
  • Registro na Secretaria da Fazenda;
  • Inscrição na Prefeitura para conseguir o alvará de localização;
  • Registro no Sindicato Patronal.

Procure a prefeitura para obter informações quanto às instalações físicas da empresa e localização.

Fique atento a respeito da parte de alimentação dentro do seu estabelecimento.

Há uma Resolução da Anvisa sobre o regulamento técnico de boas práticas para serviços de alimentação, a fim de garantir as condições higiênico- sanitárias do alimento preparado.

Veja outras normas referentes a esse tipo de negócio:

  • Lei n.º 4.769, de 09 de setembro de 1965
  • Lei n°. 9610, de 19 de fevereiro de 1998
  • Lei Nº 8.078 de 11.09.1990, Código de Defesa do Consumidor
  • Decreto n.º 61.934, de 22 de dezembro de 1967
  • Resolução RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004 (Anvisa)
  • Resolução nº 562, de 26 de março de 1990, Secretaria de Estado de Saúde (SES)
  • Resolução CFN nº 218, de 25 de março de 1999, Conselho Federal de Nutricionistas (CFN)
  • Resolução CFN nº 378, de 28 de dezembro de 2005, Conselho Federal de Nutricionais (CFN)

Resumo e CTA

Esse mercado vem mantendo o crescimento nos últimos anos e tende a continuar assim.

Mas é fundamental conhecer bem o seu cliente e calcular corretamente o investimento necessário.

Em resumo, é uma boa ideia de negócio para montar.

Então, esse artigo foi útil para você?

Eu consegui te ajudar de alguma forma?

Se a sua resposta for “sim”, então curta e compartilhe esse artigo nas suas redes sociais.

Assim, você ajuda nosso blog a crescer e a propagar a nossa mensagem para mais empreendedores.

Te desejo sorte e sabedoria para montar o seu negócio!

Até mais!

VEJA TAMBÉM

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

dezenove + 13 =

Seja o primeiro a comentar!